top of page

Entenda porque cremes e ginástica facial não funcionam para tratar flacidez



Olá, hoje nós vamos falar sobre flacidez.


E eu vou te explicar por que tratamentos como creme e ginástica facial não funcionam para tratar a flacidez.


Eu sou Daniela Gorgulho, Médica Dermatologista, Presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Regional do Piauí.


A flacidez de pele é uma queixa muito comum no nosso consultório. O paciente normalmente percebe a flacidez de pele através de alguns sinais, como por exemplo: aquela olheira que começa a aprofundar e remeter aquele certo ar de tristeza e de cansaço; aquela bochecha que começa a cair; aquele sulquinho do bigode chinês que começa a se formar; aquela linha da marionete; aquela ruguinha do buldogue que se acumula na região inferior da face; a perda do contorno facial; o pescoço que fica mole, flácido e com rugas. Às vezes a flacidez é tão importante que a gente olha o rosto e não consegue mais identificar aonde termina a face e onde começa o pescoço.


E aí, o que a gente pode fazer para melhorar esta flacidez?


Bom, primeiro a gente tem que entender por que que a flacidez acontece.

A nossa face e o nosso pescoço têm camadas. Então, primeiro a gente vai ter a pele - a parte visível, por baixo desta pele, teremos uma camada de gordura superficial que nos ajuda a manter o volume da juventude bem definido, e por baixo desta gordura nós vamos ter a musculatura, importante para a nossa mímica facial e também para a mastigação.


Entremeado a esta musculatura, teremos o SMAS - Sistema Muscular Aponeurótico Superficial - que ajuda a manter estas estruturas moles no lugar.


Por baixo disto, teremos ligamentos de retenção que também ajudam a manter estas estruturas de gordura e musculatura no lugar, e por baixo teremos uma gordura profunda e a ossatura. Esta gordura profunda e esta ossatura são extremamente importantes por que elas vão dar suporte para estes ligamentos de retenção e para estes SMAS que tem a função de manter todo o tecido mole no lugar para que eles exerçam esta função de manter a face extremamente posicionada no lugar certo. O que acontece é que com o processo do envelhecimento a gordura profunda e a ossatura diminuem de volume e com isto, o SMAS e os ligamentos de retenção que tem a função de empurrar os tecidos moles para cima e manter eles bem posicionados, eles perdem apoio e perdem força, e eles ficam flácidos, eles caem, e junto com a queda dos SMAS e destes ligamentos de retenção foi toda a gordura e musculatura juntos.


Por isto que a gente vê no processo de flacidez este derretimento facial, esta queda, este desabamento. É impossível um creme resolver (impedir) este processo de flacidez, é impossível uma ginástica resolver (impedir) um processo de flacidez. Então, as únicas coisas que vão resolver de fato um processo de flacidez, falando da Dermatologia, seriam substâncias colocadas embaixo das camadas para ocupar o espaço que ficou vazio, e trazer um novo suporte para estes ligamentos de retenção e para o SMAS e empurrar de novo estes tecidos moles para cima reposicionando então tudo (as estruturas) no lugar certo.


Então, no caso da ginástica facial, muitos falam que ela é importante para a flacidez por que ela tonifica os músculos. Pode até ser que a ginástica facial consiga tonificar os músculos, só que o problema da flacidez não é a perda deste tônus muscular, inclusive com o processo do envelhecimento alguns músculos aumentam naturalmente o tônus. O que precisa ser entendido é que a musculatura, ela se insere na ossatura e quando a gente perde osso, aquele músculo também perde suporte. Então o problema não é a falta de tônus, e sim é a falta do suporte ósseo.


Então como faz para resolvermos tudo isto no consultório? A gente consegue melhorar o processo de flacidez através da associação de tratamentos. Por exemplo, tecnologias como o Ultraformer que é um ultrassom micro e macro focados, ele é um equipamento que a gente aplica na pele e ele vai através do aquecimento, fazer pontos de coagulação que vão estimular a produção de colágeno, principalmente no SMAS que é aquele tecido que fica no meio do músculo e tem a função de jogar tudo para cima e nestes ligamentos de retenção que também têm a função de manter todo tecido mole no lugar.


Se eu fortaleço esta rede do SMAS e dos ligamentos retentores, eu tenho um reposicionamento de estruturas. Eu resolvi um problema relacionado à flacidez. Se este paciente também tiver uma perda volumétrica, se ele perdeu gorduras, se ele perdeu osso, aí eu tenho que entrar com preenchimento com ácido hialurônico e aí eu vou repor este volume perdido no nível de gordura profunda e no nível de ossatura, de forma que ao depositar este ácido hialurônico que é um gel com efeito expansor, eu deposito o volume e ele expande empurrando todos os tecidos moles para cima, ajudando então no efeito de lifting (levantamento) e no reposicionamento de estruturas. A gente ainda pode fazer também a injeção de outros produtos que são conhecidos como bioestimuladores de colágeno, à base de ácido poli-l-láctico ou de hidroxiapatita de cálcio para aumentar a expressão das células e da produção de colágeno melhorando então a flacidez e a qualidade global desta pele.


Então percebam que creme é muito bom para manter a hidratação da pele, para deixar a pele homogênea, para clarear manchas. Mas se o seu intuito for tratar a flacidez, você não vai conseguir resultados com creme. E ginástica facial também não tem comprovação científica nenhuma e não vai trazer bons resultados no sentido de tratar flacidez.


Então se o seu problema é um derretimento facial, procure o médico dermatologista para que ele faça um exame minucioso da sua face. Cada face é única. As perdas não ocorrem igual em todos os pacientes, então a gente tem que chegar ao diagnóstico correto para assim indicar o melhor tratamento, aquele que realmente funciona para o seu caso.


Este foi o tema de hoje. Espero que vocês tenham gostado. Um beijo grande e até o próximo quadro "Em Dia com a Pele".


Dra Daniela Gorgulho é médica dermatologista e ministra cursos para médicos tais como: curso de toxina botulínica aplicada na estética da face e pescoço, curso de bioestimulador de colágeno com Sculptra para face e corpo, curso de harmonização facial com preenchedores à base de ácidos hialurônicos dentre outras técnicas.

Comments


bottom of page